Tecnologia

O FIM DOS ÓCULOS

CIENTISTAS ISRAELENSES CRIAM COLÍRIO QUE SUBSTITUI ÓCULOS Uma das indústrias mais rentáveis do mundo está em polvorosa. Cientistas da Universidade Bar-Ilan Ilan e do Centro Médico Shaare Zedek, em Israel, acabam de anunciar a invenção de um colírio que corrige problemas de refração da luz na córnea, com a ajuda da nanotecnologia. O colírio desenvolvido em Israel melhora a visão de quem tem miopia e hipermetropia e é um sério candidato a substituto definitivo dos óculos. Segundo David Smadja, um dos cientistas envolvidos no projeto, o colírio revolucionário colírio poderá ainda ser utilizado como reparador de outros problemas na córnea. Para Smadja, até mesmo as lentes progressivas poderão ser substituídas, permitindo que as pessoas que dependem desse tipo de lente possam focalizar obj

Ler mais
AntisemitismoCuriosidadesDiplomaciaEducaçãoEuropaHistóriaJUDAÍSMOLivrosTurismo

A BÍBLIA DE CERVERA

LITERATURA JUDAICA EM PORTUGAL Abertura do Livro dos Salmos na Bíblia de Cervera Portugal tem em sua posse uma das mais belas Bíblias Judaicas do mundo. Trata-se de um Tanach, um Antigo Testamento, que foi produzido na cidade catalã de Cervera, Espanha, e que é conhecido como A Bíblia de Cervera. Bem conservada, esta Bíblia tem a data em que começou a ser feita e a data da conclusão, portanto, e graças ao criterioso zelo judaico, sabemos que esta Bíblia começou a ser copiada no dia 30 de julho de 1299 e foi concluída em 19 de maio do ano seguinte. É difícil saber por quantos anos foi usada pela comunidade local, mas o certo é que no final daquele século aconteceram severos pogroms em diversas cidades da região e muitos dos judeus sobreviventes acabaram por se dispersar por várias outr

Ler mais
ArqueologiaHistóriaJUDAÍSMONotíciasTurismo

MAIS UMA DESCOBERTA ARQUEOLÓGICA IMPORTANTE EM ISRAEL

A PRIMEIRA PROVA CIENTÍFICA DA EXISTÊNCIA DE ISAÍAS Arqueólogos israelenses encontraram a marca de um selo num pedaço de argila que exibe o que consideram ser a assinatura do profeta Isaías. O achado arqueológico pode ser a primeira prova da existência do profeta Isaías até agora encontrada. A descoberta aconteceu em Jerusalém, próximo do local onde foi encontrada um outro selo com a impressão da assinatura do rei Ezequias. "Encontrámos a marca do selo, datada do século VIII a.C., que pode ter sido feita pelo profeta Isaías, a apenas pouco mais de 3 metros de uma descoberta anterior, um selo que foi atribuído ao rei Ezequias", disse Eilat Mazar, pesquisadora da Universidade Hebraica de Jerusalém, numa declaração publicada na Biblical Archaeology Society. Eilat Mazar liderou a equipe q

Ler mais
CuriosidadesDiplomaciaEuropaHistóriaNotíciasTurismo

PORTUGAL CADA VEZ MAIS JUDAICO

O PRIMEIRO HOTEL LUSO-ISRAELENSE SERÁ NA CIDADE DO PORTO Há israelenses investindo milhões de euros na cidade do Porto, no norte de Portugal. O interesse pela segunda maior cidade do país cresceu de tal forma que está a ser planejado a construção de um hotel voltado especificamente para atender turistas judeus. O Jornal de Notícias, um dos maiores jornais de Portugal, informou que há duas semanas o empresário israelense Mordehay Mizrahi adquiriu dois prédios no centro histórico do Porto, onde pretende instalar um hotel dentro dos padrões judaicos, ou seja, com cozinha e restaurante kosher. Um outro investidor, David Ben Dahan comprou, no mês passado, um terreno no valor de 300 mil euros, com o objetivo de construir um edifício de 16 apartamentos de dois quartos, num investimento que ro

Ler mais
CotidianoCuriosidadesDesinformaçãoEuropaHumorJUDAÍSMOTurismo

PORTUGAL SEMI-KOSHER

O STROGONOFF KOSHER DA SERRA E A SINAGOGA MUÇULMANA DO ALGARVE Há alguns anos assisti a uma cena engraçada. Um dos convidados para o I Festival da Memória Sefardita na cidade da Guarda era o Rabino Pinkas Kornfeld, líder da comunidade ortodoxa Machsike HaDas, da Antuérpia. Na hora do almoço, vi o rabino saindo discretamente do auditório. Um dos organizadores o interceptou, convidando-o para ir até o salão onde seria servida a refeição: “Pode ficar tranquilo, rabino”, disse o organizador, “nós vamos servir bacalhau, e bacalhau é kosher”. É claro que aquele senhor estava imbuído das melhores intenções e deve ter orientado os organizadores a preparar tudo de modo a agradar aos judeus convidados. Provavelmente, tiveram cuidado até mesmo na hora de preparar a galinha de cabidela ou o arroz

Ler mais