Notice: Undefined index: margin_above in /home/noticiasdesiao/public_html/wp-content/plugins/ultimate-social-media-icons/libs/controllers/sfsiocns_OnPosts.php on line 439

Notice: Undefined index: margin_below in /home/noticiasdesiao/public_html/wp-content/plugins/ultimate-social-media-icons/libs/controllers/sfsiocns_OnPosts.php on line 440

O Museu da Bíblia de Washington fará a exposição de uma Bíblia que tem mais de 1.000 anos. Conhecida como “O Pentateuco de Washington”, é considerado um dos manuscritos intactos mais antigos da Bíblia hebraica disponível nos Estados Unidos.

Embora tenha o nome de Bíblia de Washington, deste raríssimo exemplar constam apenas os 5 primeiros livros da Bíblia, ou seja, trata-se na verdade de uma Torah.

Os registros mais antigos dão conta de que o livro pertencera anteriormente à uma comunidade judaica da Ucrânia, que no Século XIX a deu como presente a um arcebispo ucraniano, em circunstâncias não conhecidas.

Durante o século XX, o manuscrito esteva sob posse de colecionadores de Israel e do Reino Unido até que foi adquirida pelo Museu da Bíblia Washington por valores não revelados.

O Museu da Bíblia de Washington foi inaugurado em novembro de 2017 e custou 500 milhões de dólares. A maior parte dos recursos foi doada pela Família Green, uma tradicional família cristã-evangélica dos Estados Unidos.

A Família Green é dona da Hobby Lobby, uma cadeia de lojas de artesanato cujo presidente, Steven Green, preside também o Museu da Bíblia.

O Museu tem oito andares e possui 72 horas de conteúdo interativo que através de uma avançada tecnologia apresenta uma coleção de milhares de Bíblias nos mais variados idiomas.

No museu, as histórias da Bíblia são acessíveis por meio de um tour através de reconstruções de diversos locais bíblicos. Há ainda um andar específico, onde a Bíblia é apresentada de maneiras inovadoras e acessíveis para as crianças, com jogos e conteúdo experimental que os conectam ao mundo bíblico.

Além da língua inglesa, as indicações internas do museu estão disponíveis também em hebraico. E os visitantes podem ainda ter uma experiência gastronômica única, pois o restaurante local serve alimentação kosher nos mesmos moldes das refeições dos tempos bíblicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *