quinta-feira, julho 2
Home>>História>>Donald Trump e o bom doutrinamento dos professores
HistóriaTrump

Donald Trump e o bom doutrinamento dos professores

DONALD TRUMP ASSINA A LEI NUNCA MAIS PARA A EDUCAÇÃO

Em artigo publicado no The Washington Post do dia 16 de abril de 2015, James B. Comey, diretor do FBI, explicou as razões pelas quais todos os novos agentes especiais do FBI são obrigados a visitar o Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos, USHMM na sigla em inglês.

Após a formação e admissão nos quadros do FBI, a famosa unidade de polícia do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, e antes de receber distintivo e arma, todos os novos agentes e os novos analistas de inteligência, devem percorrer os corredores do museu. James B. Comey explica as razões.

“O Holocausto foi a exibição mais horrível da história mundial da desumanidade. Mas foi também a exibição mais horrível da história mundial da nossa humanidade, da nossa capacidade de fazer o mal e de renunciar à moral. E esse segundo significado é a razão pela qual eu exijo que cada novo agente especial do FBI, ou novo analista de inteligência, vá ao Museu do Holocausto. É evidente que a minha intenção é que eles aprendam sobre o abuso de autoridade da forma mais impactante possível, mas quero com isso também que eles enfrentem algo mais doloroso e mais perigoso: Quero que eles vejam a humanidade e do que nós somos capazes.” O FBI já trabalha, há muitos anos, nesta conscientização, mas o presidente americano Donald Trump quer ir além, quer que esta conscientização comece nas escolas. Esta é a razão pela qual assinou, na última quinta-feira, 28, a Lei Nunca Mais para a Educação.

O projeto exige que sejam criados materiais educacionais com a intenção de aumentar a conscientização dos cidadãos norte-americanos sobre a realidade da Shoah, o massacre dos judeus durante a Segunda Guerra Mundial, a tragédia que passou a ser conhecida como Holocausto.

Para esse fim, o Governo Donald Trump destinará anualmente a quantia de 2 milhões de dólares a um fundo denominado Fundo do Programa de Assistência à Educação do Holocausto do USHMM. A verba sairá do Tesouro dos EUA e tem destinação prevista e garantidas entre os anos 2020 a 2024, período em que será desenvolvida uma robusta estrutura educacional neste sentido.

A lei prevê ainda a construção e disponibilização de um banco de dados on-line com materiais educacionais destinados a ensinar os alunos do ensino básico e médio sobre a Shoah. Este material será criado para ajudar os professores a apresentar, de forma eficaz e credível, informações sobre a tragédia que se abateu sobre o povo judeu.

A senadora Jacky Rosen classificou a lei como “o primeiro passo para centralizar um currículo autêntico e de boa qualidade para ensinar o Holocausto às gerações futuras”. Há 7 representantes de origem judaica no Senado Americano, Jack Rosen é um deles.

ANDS | JPOST | JEWISH INSIDER

UM PEDIDO ESPECIAL: Há 10 anos o NOTÍCIAS DE SIÃO vem disponibilizando informações fidedignas sobre o Estado de Israel e sobre o seu povo. Numa época em que a grande imprensa e as mídias sociais veiculam informações contraditórias e, muitas vezes, completamente falsas, NOTÍCIAS DE SIÃO tem primado por apresentar aos seus leitores fatos reais sobre a Terra Santa. Como a redação do NOTÍCIAS DE SIÃO se encontra na Europa, estamos a enfrentar dificuldades com a crescente desvalorização da moeda brasileira, razão pela qual apelamos aos nossos leitores que possam nos ajudar a manter este trabalho na atual formatação, sem publicidades, pois nossa melhor publicidade são os nossos leitores. Por isso, contamos com vossa solidariedade e apoio, através de doações que podem ser feitas através do PayPal. É seguro e não tomará muito do seu tempo. Basta clicar no link abaixo. Faça uma doação única ou se torne um contribuinte mensal, para que possamos continuar a fazer com qualidade aquilo que já fazemos há 10 anos: Defender Israel. Contamos com sua generosidade e amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *