terça-feira, novembro 24
Home>>Coronavírus>>Vacina Russa poderá ter aval de Israel
Coronavírus

Vacina Russa poderá ter aval de Israel


Notice: Undefined index: margin_above in /home/noticiasdesiao/public_html/wp-content/plugins/ultimate-social-media-icons/libs/controllers/sfsiocns_OnPosts.php on line 439

Notice: Undefined index: margin_below in /home/noticiasdesiao/public_html/wp-content/plugins/ultimate-social-media-icons/libs/controllers/sfsiocns_OnPosts.php on line 440

Zeev Rotstein, diretor-chefe do Hadassah Medical Center, maior hospital israelense, revelou que aquela instituição está trabalhando com cientistas russos na testagem da Sputnik V, a vacina russa contra o COVID-19.  Vladimir Putin, presidente da Rússia, afirmou na tarde desta terça-feira, 11, que o seu país será o primeiro a conceder uma aprovação regulatória para este tipo de vacina.

“Estamos participando da realização de estudos de segurança e eficácia desta vacina”, afirmou Zeev Rotstein. O diretor do Hadassah informou que a Rússia procurava parceiros para colaborar com os testes clínicos e a filial russa do hospital decidiu participar das pesquisas. O Hadassah mantém um hospital junto ao Centro de Inovação Tecnológica de Skolkovo, em Moscou.

Rotstein informou ainda que a vacina também estava sendo administrada a um pequeno número de pacientes no hospital por meio de um programa de uso compassivo.

“Aguardamos para muito breve mais detalhes do prefeito de Moscou”, disse Rotstein. “Estamos em contato direto com nosso pessoal em Moscou e estamos obtendo informações à medida que eles nos vão disponibilizando.”

O Ministro da Saúde de Israel, Yuli Edelstein, disse que Israel estava interessado em manter discussões com a Rússia sobre a Sputnik V, mas que só entrará em negociações para a aplicação na população israelense “se estivermos convencidos de que é um produto confiável”, explicou Edelstein.

Yuli Edelstein afirmou ainda que não há nenhum preconceito por parte do governo israelense. “Estamos acompanhando atentamente todas as reportagens, não importa o país”, continuou o ministro durante uma entrevista coletiva realizada ontem. “Já discutimos os relatórios do centro de pesquisas da Rússia sobre o desenvolvimento da vacina. E se estivermos convencidos de que é um produto sério, também tentaremos entrar em negociações. Mas não quero iludir ninguém. A equipe profissional do ministério está trabalhando nisso o tempo todo. A vacina não aparecerá da noite para o dia”, concluiu o ministro.

Israel está desenvolvendo a sua própria vacina através do Instituto de Pesquisa Biológicas de Israel e deve iniciar os testes em humanos no próximo mês de outubro. O país também firmou acordos com dois outros laboratórios, o Modern e o Arcturus Therapeutics, tendo se colocado como país preferencial para a opção de compra de suas potenciais vacinas.

“Saibam que há cientistas judeus seniores participando [no desenvolvimento de vacinas contra o coronavírus] em todos os lugares, não apenas nos Estados Unidos, mas também na Rússia”, concluiu o ministro.

ANDS | JPOST | REUTERS

UM PEDIDO ESPECIAL: Há 10 anos o NOTÍCIAS DE SIÃO vem disponibilizando informações fidedignas sobre o Estado de Israel e sobre o seu povo. Numa época em que a grande imprensa e as mídias sociais veiculam informações contraditórias e, muitas vezes, completamente falsas, NOTÍCIAS DE SIÃO tem primado por apresentar aos seus leitores fatos reais sobre a Terra Santa. Como a redação do NOTÍCIAS DE SIÃO se encontra na Europa, estamos a enfrentar dificuldades com a crescente desvalorização da moeda brasileira, razão pela qual apelamos aos nossos leitores que possam nos ajudar a manter este trabalho na atual formatação, sem publicidades, pois nossa melhor publicidade são os nossos leitores. Por isso, contamos com vossa solidariedade e apoio, através de doações que podem ser feitas através do PayPal. É seguro e não tomará muito do seu tempo. Basta clicar no link abaixo. Faça uma doação única ou se torne um contribuinte mensal, para que possamos continuar a fazer com qualidade aquilo que já fazemos há 10 anos: Defender Israel. Contamos com sua generosidade e amor.

1 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *