terça-feira, outubro 19
Home>>Notícias>>Sara Netanyahu esteve entre a vida e a morte
Notícias

Sara Netanyahu esteve entre a vida e a morte

A mulher do primeiro-ministro de Israel foi hospitalizada em estado grave. Segundo a família, “o pronto atendimentos e as orações” salvaram a sua vida.

APENDICITE SUPURADA

Há duas semanas, Sara Netanyahu, mulher de Benjamin Netanyahu, foi levada às pressas para o Hospital Hadassah Ein Kerem, após se sentir mal. Fontes oficiais informaram na época que Sara enfrentava uma crise de apendicite. O país estava no auge da campanha eleitoral e o primeiro-ministro não quis politizar o fato. Agora se sabe que o estado de saúde da mulher do primeiro-ministro era muito grave e se as equipes de socorros não tivessem agido rapidamente, é provável que ela tivesse sucumbido.

Tão logo chegou ao hospital, a esposa do primeiro-ministro passou por uma série de testes e após diagnosticado o problema houve uma rápida intervenção das equipes médicas.

“O atendimento, profissional e imediato, juntamente com as orações, acabaram por à plena recuperação”, concluiu a família, conforme um comunicado da estação Arutz Sheva, o Canal 7 de Israel.

Após a alta médica, o primeiro compromisso público da mulher do primeiro-ministro foi visitar o Kotel, mais conhecido no ocidente como “Muro das Lamentações”. Seguindo uma tradição judaica, Sara Netanyahu colocou um pequeno papel dobrado numa das frestas do muro. Posteriormente, a esposa do primeiro-ministro revelou o que escrevera no bilhete.

“Para minha família, peço saúde e bem-estar – para o meu marido e meus filhos, Yair e Avner – e para mim, uma recuperação rápida e completa da cirurgia e um retorno à vida normal. Com a ajuda de D’us, peço cura, saúde e sucesso em meus empreendimentos, e agradeço ao Criador do Universo por minha recuperação da cirurgia.”

Refuah Shleimah, Sra. Netanyahu.

ANDS | ARUTZ SHEVA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *