Arqueologia

Moedas encontradas na Judeia provam o óbvio: A Judeia sempre foi e ainda é dos Judeus.

Duas moedas descobertas em Khirbat Jib’it, na Judeia, uma região que o mundo insiste em chamar de Cisjordânia, provam, uma vez mais, que a presença judaica na região é incontestável. As moedas datam de cerca de 2.000 anos e foram encontradas na região de Binyamin, no centro do país. Historicamente esta região é conhecida como Judeia, mas atualmente está sob provisório domínio árabe. Como NOTÍCIAS DE SIÃO já comentou, os árabes praticamente não desenvolvem pesquisas arqueológicas no território que hora dominam, pois se o fizerem, de forma honesta e científica, os vestígios que virão à tona serão majoritariamente judaicos. No entanto – e onde é possível – arqueólogos israelenses realizam importantes pesquisas, como esta, feita pela Universidade Bar-Ilan, apoiada pelas autoridades d...

Ler mais
Arqueologia

Arqueologia prova a existência de Gideão

Arqueólogos encontraram uma inscrição de 3.000 anos que traz o nome de um dos juízes de Israel. A inscrição apresenta o nome "Jerubbaal", um líder judeu do Livro dos Juízes também conhecido como Gideão. A inscrição data de cerca de 1.100 a.C. A importante peça arqueológica foi descoberta nas escavações em Khirbat er-Ra'i, perto de Kiryat Gat, no Distrito Sul de Israel, anunciou a Autoridade de Antiguidades de Israel nesta segunda-feira, 12 de julho. Os pesquisadores destacaram que, embora não haja certeza se a inscrição se refere à figura mencionada no Livro dos Juízes, essa descoberta oferece importantes insights sobre a conexão entre o texto bíblico e a realidade histórica, informou o Jerusalem Post. Inscrições desse período – século 12 a 11 aC – são extremamente raras. Toda a ...

Ler mais
Arqueologia

A surpreendente inscrição numa caverna de Massada

As grandes descobertas arqueológicas nem sempre se dão com pessoas a escavar ruínas. Muitas vezes, elas acontecem nos porões de bibliotecas ou depósitos mal iluminados, locais distantes do terreno a ser investigado. Foi exatamente o que aconteceu com o arqueólogo israelense Dr. Guy Stiebel, especialista em Arqueologia Clássica dos períodos helenístico, romano e bizantino; e profundo conhecedor das investigações feitas na região da antiga Fortaleza de Massada, em Israel. Certo dia, o Dr. Stiebel estava a observar fotografias aéreas antigas, quando atentou para um detalhe em uma delas. As fotografias haviam sido tiradas por um piloto inglês, ainda nos primórdios da aviação, quando este sobrevoou Massada na manhã do dia 29 de dezembro de 1924. As fotografias foram feitas a uma altitude de...

Ler mais
Arqueologia

Sarcófagos de 1.800 anos descobertos em Ramat Gan

Dois sarcófagos de 1.800 anos foram encontrados em Israel durante as obras de ampliação de um hospital veterinário. Os trabalhadores escavavam uma área arenosa do Ramat Gan Safari Park quando se depararam com os extraordinários artefatos. Durante as escavações para construção dos alicerces da nova ala do hospital, Rami Tam, responsável pela setor onde ficam os animais originários da savana africana, observou parte dos sarcófagos sob a areia. Tam contactou imediatamente o seu superior, Shmulik Yedvab, que é diretor de saúde e gestão animal no parque, e este, por sua vez, entrou em contato com Alon Klein e Uzi Rothstein, da Unidade de Prevenção de Roubos da Autoridade de Antiguidades de Israel. Imediatamente, os especialistas se deslocaram para Ramat Gan, que fica ao sul de Tel Av...

Ler mais
Arqueologia

Crime arqueológico irreversível na Samaria

Trabalhadores árabes trituraram as paredes próximas ao Altar de Josué com o objetivo de usar as pedras na pavimentação de uma estrada. O crime aconteceu junto ao Monte Ebal, nos territórios israelenses provisoriamente sob ocupação árabe. Durante as obras para pavimentação de uma estrada vicinal, trabalhadores da Autoridade Palestina foram filmados triturando as pedras de uma parede de 3.200 anos que pertencia ao local bíblico do altar de Josué no Monte Ebal. A área próxima à cidade árabe de Nablus, também conhecida pelo nome bíblico de Shechem, está localizada na Área B da Cisjordânia e, portanto, o local está sob domínio da Autoridade Palestina. Representantes da Shomrim al Hanetzach relataram que os trabalhadores árabes haviam triturado pedras antigas da parede externa do local e ...

Ler mais