Desinformação

Árabes desesperados pedem proteção da polícia israelense

Três homens foram assassinados na manhã deste sábado, 06, em Lod, região central de Israel. Todos eram árabes, moradores da cidade de Ramle. A polícia israelense foi alertada para distúrbios envolvendo troca de tiros num cruzamento de rodovias próximo à cidade de Lod. Ao chegar ao local, as autoridades encontraram os corpos de 3 homens, dois com ferimentos à bala e o terceiro, morto por atropelamento. Os mortos foram identificados como sendo Nahad al-Shamali, 28, Riad Akashi, 40, e Jibril Akashi, 28. As investigações iniciais indicam que os homens foram atingidos por um veículo em movimento e logo a seguir, executados. Foi descartada a possibilidade de se tratar de uma ação terrorista. A polícia israelense está investigando se o tiroteio está relacionado a uma disputa entre famíl...

Ler mais
CotidianoCuriosidadesDesinformaçãoEuropaHumorJUDAÍSMOTurismo

PORTUGAL SEMI-KOSHER

O STROGONOFF KOSHER DA SERRA E A SINAGOGA MUÇULMANA DO ALGARVE Há alguns anos assisti a uma cena engraçada. Um dos convidados para o I Festival da Memória Sefardita na cidade da Guarda era o Rabino Pinkas Kornfeld, líder da comunidade ortodoxa Machsike HaDas, da Antuérpia. Na hora do almoço, vi o rabino saindo discretamente do auditório. Um dos organizadores o interceptou, convidando-o para ir até o salão onde seria servida a refeição: “Pode ficar tranquilo, rabino”, disse o organizador, “nós vamos servir bacalhau, e bacalhau é kosher”. É claro que aquele senhor estava imbuído das melhores intenções e deve ter orientado os organizadores a preparar tudo de modo a agradar aos judeus convidados. Provavelmente, tiveram cuidado até mesmo na hora de preparar a galinha de cabidela ou o arroz

Ler mais
AntisemitismoDesinformaçãoDiplomaciaEuropaHistóriaHolocaustoNotícias

ANTISSEMITISMO CRESCENTE NA POLÔNIA

AS DUAS FACES DO POLITICAMENTE CORRETO Enquanto por um lado há um esforço "politicamente correto" de se evitar o antissemitismo, por outro há um movimento, também "politicamente correto", de apoio ao antissionismo. Marcha de militantes extremistas no centro de Varsóvia em abril de 2017 O presidente polonês Andrzej Duda ratificou no início deste mês uma lei que permite punir com prisão quem se referir a antigos campos de concentração utilizando a expressão "campos poloneses de extermínio". A lei permite ainda punição para quem acusar a Polônia de cumplicidade na execução da Shoah, a tentativa de extermínio dos judeus europeus empreendida por Afolf Hitler em meados do século passado, ação que é popularmente conhecida pela expressão "Holocausto". A nova lei polonesa sobre o Holocausto p

Ler mais
Ajuda HumanitáriaCotidianoCuriosidadesDefesaDesinformaçãoDiplomaciaEuropaNotíciasONU

OS EUA PODEM CORTAR O APOIO FINANCEIRO AOS PALESTINOS

Um quarto dos 1 bilhão e 200 milhões de dólares que os palestinos recebem todos os anos vem dos Estados Unidos. Apesar de serem feitas doações mundiais bilionárias, o povo palestino passa fome. SEM CONTRAPARTIDA OS ESTADOS UNIDOS NÃO AJUDARÃO MAIS ATENÇÃO: Nesta reportagem usaremos diversas vezes as expressões palestinos e Palestina. Para melhor compreensão destes termos, sugerimos que leiam um artigo específico sobre a questão clicando AQUI. A administração Donald Trump informou que os EUA poderão deixar de apoiar financeiramente os autodenominados palestinos residentes na Judeia e Samaria, Gaza e em outros países da região, se a Autoridade Palestina se recusar a manter negociações de paz com Israel. O anúncio foi feito pela embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, e posteriormente ...

Ler mais
DesinformaçãoDiplomaciaHistóriaHomenagemNotíciasReflexõesSupport Israel

DONALD TRUMP VERSUS MÍDIA

O PRESIDENTE MAIS IMPOPULAR… NAS REDAÇÕES. Donad Trump completa um ano à frente da Presidência dos Estados Unidos da América. Nunca um presidente fez tanto por Israel em tão pouco tempo e isto teve um custo enorme para ele: virou o vilão nas redações de jornais e revistas. Newsweek: "Menino Preguiçoso" Historicamente, as redações dos jornais e revistas têm sido uma trincheira de antipatizantes do Estado de Israel. Déspotas árabes e até mesmo líderes terroristas foram tratados com condescendência e presidentes americanos pró-palestinos como heróis. Mas bastou Donald Trump posicionar-se a favor de Israel, a única democracia em todo o Oriente Médio, para pseudodemocratas do mundo se voltaram contra ele, principalmente dentro das redações dos jornais e revistas. Notícias de Sião selecion

Ler mais