AntissionismoEstados UnidosNotícias

Extrema Esquerda Israelense dá Boas Vindas a Joe Biden

Um dos prédios do centro de Tel Aviv amanheceu nesta segunda-feira, 11, estampada com um banner em defesa da divisão do Estado de Israel. A “ação” foi promovida pelo grupo de extrema esquerda Shalom Achshav (“Paz Agora”), com o objetivo de dar as boas vindas ao Presidente Joe Biden, a primeira que fará ao Estado Hebreu desde que assumiu o Governo dos EUA, em janeiro de 2021. O banner mostra a bandeira de Israel ao lado da bandeira que a OLP, a organização terrorista para a libertação da Palestina, tomou como símbolo da luta armada em novembro de 1988. A frase que ilustra a peça publicitária diz: "Presidente Biden, bem-vindo aos dois estados que mais amamos." Na manhã desta segunda-feira, um porta-voz do Shalom Achshav disse em um comunicado: "Damos as boas-vindas ao presidente Bi...

Ler mais
EleiçõesNotíciasPolítica

3 anos e meio depois, Israel volta às urnas

Recomeça hoje o processo de sucessão parlamentar israelense. Os deputados israelenses farão uma reunião extraordinária nesta quarta-feira, 22, para receber o projeto de lei que visa dissolver o Knesset. Boaz Toporovsky, líder no parlamento israelense da coalizão que governa o país há menos de 4 anos, se reuniu com Sharren Haskel, deputado apoiante da coligação, para conjuntamente apresentarem a proposta de dissolução do governo. Toporovsky, líder do partido Yesh Atid, e Haskel, deputado pelo Tikva Hadasha, se reuniram com o Comitê do Presidente do Knesset na manhã de terça-feira para garantir que a proposta de dissolver o Knesset seja inserida na programação da plenária desta quarta. Como Shlomo Karhi, deputado do Likud, também havia manifestado a intenção de formalizar um pe...

Ler mais
EleiçõesNotíciasPolítica

Bennett e Lapid renunciam e Israel terá novas eleições

Israel faz eleições na mesma velocidade que reaplica vacinas. Vem aí a quinta dose. Depois de 15 anos de estabilidade política, o ex-ministro Benjanin Netanyahu vê desmoronar o governo que o sucedeu há menos de 4 anos. Não durou sequer o tempo de uma legislatura. No início da semana, depois de derrotar dois votos de desconfiança, Naftali Bennett e Yair Lapid desistiram buscar uma estabilização ara a frágil coalizão formada para derrubar Netanyahu. Num comunicado conjunto, Bennett e Lapid disseram que levarão à votação um projeto de lei para dissolver o Knesset. Uma vez concretizado, novas eleições acontecerão, provavelmente a 25 de outubro. A decisão de antecipar o pedido de dissolução do parlamento partiu da própria coalizão, que temia um desastre maior, pois o líder da oposi...

Ler mais
Notícias

Organização dos Estados Americanos oficializa o Hamas como um grupo terrorista

O Hamas é considerado oficialmente como sendo um grupo terrorista pela 5 países. Israel, Estados Unidos, Canadá, Egito e Japão. Como se trata de um partido supostamente político, há países que preferem classificar como “terroristas” apenas a ala mais radical do Hamas, as Brigadas Izzadin al-Qassam. Os países que fazem esta distinção são a Austrália, a Nova Zelândia, o Paraguai e a Grã-Bretanha. Apenas uma organização de países considerava, em bloco, o grupo Hamas como terrorista, esta organização é a União Europeia (UE), uma união económica e política que congrega 27 Estados-membros situados principalmente na Europa. Desde ontem, a UE tem a companhia da Organização dos Estados Americanos (OEA), que acaba de reconhecer o Hamas com o grupo terrorista que é. A OEA é uma organização ...

Ler mais
Notícias

Sara Netanyahu esteve entre a vida e a morte

A mulher do primeiro-ministro de Israel foi hospitalizada em estado grave. Segundo a família, "o pronto atendimentos e as orações" salvaram a sua vida. APENDICITE SUPURADA Há duas semanas, Sara Netanyahu, mulher de Benjamin Netanyahu, foi levada às pressas para o Hospital Hadassah Ein Kerem, após se sentir mal. Fontes oficiais informaram na época que Sara enfrentava uma crise de apendicite. O país estava no auge da campanha eleitoral e o primeiro-ministro não quis politizar o fato. Agora se sabe que o estado de saúde da mulher do primeiro-ministro era muito grave e se as equipes de socorros não tivessem agido rapidamente, é provável que ela tivesse sucumbido. Tão logo chegou ao hospital, a esposa do primeiro-ministro passou por uma série de testes e após diagnosticado o problema ...

Ler mais