EleiçõesNotíciasPolítica

3 anos e meio depois, Israel volta às urnas

Recomeça hoje o processo de sucessão parlamentar israelense. Os deputados israelenses farão uma reunião extraordinária nesta quarta-feira, 22, para receber o projeto de lei que visa dissolver o Knesset. Boaz Toporovsky, líder no parlamento israelense da coalizão que governa o país há menos de 4 anos, se reuniu com Sharren Haskel, deputado apoiante da coligação, para conjuntamente apresentarem a proposta de dissolução do governo. Toporovsky, líder do partido Yesh Atid, e Haskel, deputado pelo Tikva Hadasha, se reuniram com o Comitê do Presidente do Knesset na manhã de terça-feira para garantir que a proposta de dissolver o Knesset seja inserida na programação da plenária desta quarta. Como Shlomo Karhi, deputado do Likud, também havia manifestado a intenção de formalizar um pe...

Ler mais
EleiçõesNotíciasPolítica

Bennett e Lapid renunciam e Israel terá novas eleições

Israel faz eleições na mesma velocidade que reaplica vacinas. Vem aí a quinta dose. Depois de 15 anos de estabilidade política, o ex-ministro Benjanin Netanyahu vê desmoronar o governo que o sucedeu há menos de 4 anos. Não durou sequer o tempo de uma legislatura. No início da semana, depois de derrotar dois votos de desconfiança, Naftali Bennett e Yair Lapid desistiram buscar uma estabilização ara a frágil coalizão formada para derrubar Netanyahu. Num comunicado conjunto, Bennett e Lapid disseram que levarão à votação um projeto de lei para dissolver o Knesset. Uma vez concretizado, novas eleições acontecerão, provavelmente a 25 de outubro. A decisão de antecipar o pedido de dissolução do parlamento partiu da própria coalizão, que temia um desastre maior, pois o líder da oposi...

Ler mais
Notícias

Organização dos Estados Americanos oficializa o Hamas como um grupo terrorista

O Hamas é considerado oficialmente como sendo um grupo terrorista pela 5 países. Israel, Estados Unidos, Canadá, Egito e Japão. Como se trata de um partido supostamente político, há países que preferem classificar como “terroristas” apenas a ala mais radical do Hamas, as Brigadas Izzadin al-Qassam. Os países que fazem esta distinção são a Austrália, a Nova Zelândia, o Paraguai e a Grã-Bretanha. Apenas uma organização de países considerava, em bloco, o grupo Hamas como terrorista, esta organização é a União Europeia (UE), uma união económica e política que congrega 27 Estados-membros situados principalmente na Europa. Desde ontem, a UE tem a companhia da Organização dos Estados Americanos (OEA), que acaba de reconhecer o Hamas com o grupo terrorista que é. A OEA é uma organização ...

Ler mais
Notícias

Sara Netanyahu esteve entre a vida e a morte

A mulher do primeiro-ministro de Israel foi hospitalizada em estado grave. Segundo a família, "o pronto atendimentos e as orações" salvaram a sua vida. APENDICITE SUPURADA Há duas semanas, Sara Netanyahu, mulher de Benjamin Netanyahu, foi levada às pressas para o Hospital Hadassah Ein Kerem, após se sentir mal. Fontes oficiais informaram na época que Sara enfrentava uma crise de apendicite. O país estava no auge da campanha eleitoral e o primeiro-ministro não quis politizar o fato. Agora se sabe que o estado de saúde da mulher do primeiro-ministro era muito grave e se as equipes de socorros não tivessem agido rapidamente, é provável que ela tivesse sucumbido. Tão logo chegou ao hospital, a esposa do primeiro-ministro passou por uma série de testes e após diagnosticado o problema ...

Ler mais
Notícias

Palestinos lançam 200 mísseis contra Israel

Até o início da noite desta terça-feira, 12, perto de 200 rockets haviam sido lançados sobre o território israelense à partir da Faixa de Gaza. O sistema de defesa aérea Iron Dome interceptou 90% dos projéteis. Os ataques terroristas se intensificaram após Israel neutralizar Bahaa Abu al-Atta, líder do movimento terrorista Jihad Islâmica. As Forças de Defesa de Israel (IDF) mobilizaram centenas de reservistas ao redor de Gaza em resposta ao fogo dos foguetes. Caças da Força Aérea Israelense (IAF) e tanques do exército atacaram numerosos alvos do grupo terrorista. O Ministro da Defesa, Naftali Bennett, decretou situação de emergência num raio de 0 a 80 km na região da Faixa de Gaza. ...

Ler mais